Home » Como Ganhar Dinheiro Com Crochê? Dicas Imperdíveis para Você Colocar em Prática!

Como Ganhar Dinheiro Com Crochê? Dicas Imperdíveis para Você Colocar em Prática!

O crochê é uma técnica artesanal muito conhecida e procurada. Atualmente, com a valorização dos produtos feitos à mão, ele tem estado em evidência.

Por isso muitos se questionam sobre como ganhar dinheiro com crochê.

A verdade é que se você trabalha com a técnica, esse é o melhor momento para ganhar dinheiro.

Afinal, existem vários consumidores a procura de peças de roupa, de decoração e amigurumis em crochê.

Mas para conquistar essa clientela, é essencial tomar alguns cuidados e desenvolver um negócio profissional.

Não sabe como ganhar dinheiro com crochê? Continue conosco e veja as dicas importantes que separamos!

Especialize-se e domine as várias técnicas

Especialize-se e domine as várias técnicas

Especialize-se e domine as várias técnicas | Foto

Existem muitas técnicas de crochê – assim como há vários artesãos que trabalham com esse tipo de artesanato. O que diferenciará a sua produção das demais?

Interessante:

Antes de pensar em como ganhar dinheiro com crochê é indispensável ter um bom domínio de todas as técnicas, assim você conseguirá produzir peças diversas e com qualidade.

Por isso, se você ainda está começando a trabalhar com esse tipo de artesanato, a dica é se especializar, com cursos na área que deseja focar suas atenções.

E mesmo para quem já trabalha com o crochê há bastante tempo, a especialização é importante, principalmente para se atualizar e produzir itens atuais e de acordo com os desejos da clientela.

Entenda o seu público e produza peças diferentes

Entenda o seu público e produza peças diferentes

Entenda o seu público e produza peças diferentes | Foto

Outro ponto essencial para ganhar dinheiro com crochê é produzir as peças que os seus clientes desejam comprar.

Então, é imprescindível entender o público que você deseja atrair e compreender quais os itens essas pessoas mais procuram, os detalhes que mais gostam e outros pontos.

Dica:

Quanto mais informações você tiver sobre o seu público, mais focada será a sua produção e também a sua publicidade, o que resulta em ganhos maiores e mais diferenciação.

Algumas informações importantes a serem levantadas são: faixa etária, grau de escolaridade, renda, peças de crochê que mais procuram, características importantes para fechar a venda, onde essas pessoas se localizam, redes sociais que mais usam etc.

Uma forma de conseguir esses dados é pesquisando com a sua própria clientela.

Você pode montar um pequeno formulário pelo Google Docs e enviar aos seus consumidores, explicando que está tentando compreender a sua clientela para oferecer uma experiência ainda melhor.

Também pode obter esses dados a partir de conversas informais com seus clientes.

Foque na qualidade e no tempo de produção

Foque na qualidade e no tempo de produção

Foque na qualidade e no tempo de produção | Foto

Como dissemos, existem vários artesãos que trabalham com crochê. E é importante diferenciar o seu negócio. Por isso, a qualidade é de suma importância.

Isso significa dominar bem as técnicas e também usar matérias-primas de marcas reconhecidas e com alta durabilidade.

Preste atenção:

No acabamento e em todos os detalhes da sua peça, buscando se aperfeiçoar sempre e entregar o melhor produto possível aos seus clientes.

Outro ponto importante é entender quanto tempo em média você leva para produzir cada uma das peças.

Dizem que tempo é dinheiro – e com o negócio artesanal isso não é diferente.

Se você conseguir produzir mais peças, com qualidade, em um curto período de tempo, poderá aumentar sua produção e ganhar mais dinheiro.

Mas para isso é indispensável ter experiência com o crochê. Quanto mais você trabalhar com o artesanato, mais fácil será realizar as suas peças em um tempo menor.

Use as redes sociais e a internet à seu favor

Use as redes sociais e a internet à seu favor

Use as redes sociais e a internet à seu favor | Foto

Entender o seu público é fundamental para definir quais peças produzir – e também para saber como vender as peças em crochê para essas pessoas.

Se você souber quais redes sociais seu público mais usa, poderá focar suas ações de marketing nelas.

De qualquer forma, o Facebook e o Instagram são os mais usados para vender peças artesanais. Mas existem outras possibilidades, como o Pinterest.

E você também poderá focar em marketplaces, como o elo7, grupos no WhatsApp e grupos no próprio Facebook que tenham relação com o seu público, por exemplo, grupos de maternidade para quem vende peças para bebês.

A internet é, hoje, uma das principais ferramentas para aproximar clientes e artesãos, por isso não deixe passar essa oportunidade.

Algumas dicas importantes para usar essas ferramentas são:

  • faça ótimas fotos dos seus produtos, sempre se atentando ao fundo e à iluminação;
  • escreva boas descrições de cada peça, explicando que tipo de linha é usada, o que pode ser personalizado, as medidas e outros pontos;
  • seja solícito com todos os clientes, respondendo as dúvidas e as mensagens enviadas para a sua página;
  • crie contas profissionais nas redes sociais, assim você poderá investir em anúncios e ainda passará uma imagem mais valorizada do seu trabalho;
  • use as redes sociais e a internet para acompanhar a concorrência e saber quais as principais novidades do seu setor;
  • crie um catálogo virtual, com fotos e descrições dos principais produtos que você vende;
  • crie um nome para a sua marca e invista em uma identidade visual que também poderá ser usada nas etiquetas dos seus produtos;
  • use os grupos de assuntos de interesse do seu público para divulgar o seu trabalho.

Participe de feiras e eventos de artesanato

Participe de feiras e eventos de artesanato

Participe de feiras e eventos de artesanato | Foto

Apesar de a internet ser importante, ela não é a única ferramenta de venda.

Fique atenta!

Os eventos e feiras de artesanato são excelentes – e você tem a oportunidade de levar seus produtos para os clientes tocarem e sentirem, criando uma conexão com o que você produz.

Procure se informar na sua cidade e região sobre as principais feiras e saiba como participar delas.

Muitas vezes será preciso fazer um cadastro na Prefeitura – e em outras basta se inscrever, por exemplo para as feiras itinerantes.

Além das feiras de artesanato, procure aquelas em sintonia com seu público, como as feiras de maternidade.

Outra ideia para as vendas offline é deixar algumas peças em consignação em lojas de decoração, de itens para bebês, de roupas e outros que tenham relação com o seu trabalho.

Atenção com o atendimento ao consumidor

Atenção com o atendimento ao consumidor

Atenção com o atendimento ao consumidor | Foto

Por fim, lembre-se que um cliente satisfeito é o melhor propagador da sua marca. Então, foque seus esforços em atender bem a todos, criando uma excelente experiência de compra.

Importante:

Faça um ótimo atendimento, tirando todas as dúvidas sobre o produto, cumprir o prazo de entrega, enviar em uma embalagem bonita e que desperte a atenção.

Oferecer várias formas de pagamento e de envio (especialmente no caso de vendas pela internet) e buscar saber a opinião dos clientes, entendendo o que pode ser feito para melhorar cada vez mais a sua produção.

Depois de todas essas dicas, você já sabe como ganhar dinheiro com crochê?

omo este é um tema muito procurado, nós produzimos vários artigos sobre Negócios. Vale uma visita!

Compartilhe nosso post com seus amigos artesãos nas redes sociais!