Anúncios

Como Ganhar Dinheiro Com Artesanato Hoje? Os Nichos Lucrativos e Dicas Importantes para Se Destacar!

Anúncios
Anúncios

Você procura por formas de como ganhar dinheiro com artesanato? Muitas pessoas trabalham com artesanato há um tempo, possuem conhecimentos de técnicas variadas e até vendem algumas encomendas – mas, apesar disso, não veem nessa função uma possibilidade de renda fixa e, com isso, acabam perdendo boas oportunidades.

É comum que muitos artesãos tenham dúvidas sobre como ganhar dinheiro com artesanato, principalmente por desconhecimento sobre o mercado e também sobre como gerir as suas vendas.

Nos últimos anos o mercado de artesanato teve um crescimento expressivo no Brasil. Em 2018, ele foi responsável por movimentar quase R$ 50 milhões e empregar mais de 10 milhões de pessoas.

E isso tem acontecido principalmente graças a mudança de mentalidade do público – que passou a ver as peças artesanais com diferenciação, sendo que muitas delas estão incluídas em projetos de decoração de casas e festas, grifes de roupa e muito mais.

Ou seja, se você trabalha com artesanato, esse é o momento certo para começar a investir no seu negócio e colher os frutos desse setor tão rentável. Quer saber como? Continue a leitura!

Mas, artesanato dá dinheiro?

Apesar de todos os dados que mostramos acima, você ainda não está convencido de que investir no artesanato é uma boa ideia?

Pois saiba que são muitos os pontos que têm estimulado a venda de produtos artesanais. O comércio pela internet é um dos mais fortes e capaz de transformar a relação do artesão com os seus consumidores.

Afinal, hoje existem várias plataformas de e-commerce voltadas exclusivamente para a venda de itens artesanais, o que ajuda o pequeno artesão a conseguir expor seus produtos para um número maior de clientes, sem a barreira geográfica.

Um exemplo citado em uma reportagem da Folha de São Paulo é o caso da artesã Ju Amora. Em 2012, ela começou a fazer banquetas pintadas à mão. Hoje, graças ao impulso da internet, ela comercializa cerca de 220 itens por mês na sua loja virtual – e o negócio está crescendo tanto que ela já começou a terceirizar parte da sua produção.

Essa é apenas uma entre várias histórias de sucesso no universo do artesanato. E, além das vendas online, o que tem ajudado a fazer com que esse mercado se torne aquecido é a busca cada vez maior por peças artesanais.

Hoje, muitos clientes valorizam os itens personalizados, feitos de forma exclusiva e que não são massificados como os produtos industriais. Por isso, o artesanato tem ganhado papel de destaque e inclusive estando em alta em setores tradicionais como a decoração e a moda.

Como Ganhar Dinheiro com Artesanato Hoje e me destacar?

Agora que você já viu que é possível transformar as sua produção artesanal em um negócio, que tal descobrir como ganhar dinheiro com artesanato?

Existem dicas essenciais para quem deseja fazer do artesanato a sua principal fonte de renda. Veja as mais importantes.

Encare o artesanato como um negócio

Esse é o ponto mais importante para conseguir ganhar dinheiro com o artesanato. Afinal, você precisará mudar a sua perspectiva de uma produção feita, muitas vezes, como hobby, para algo que será a sua fonte de renda.

Isso significa: aprender a precificar corretamente os seus produtos, trabalhar com boas margens de lucro, criar e cuidar da sua marca e da divulgação do seu negócio, fidelizar os seus clientes e buscar trabalhar de forma legalizada.

Assim, se você nunca empreendeu antes, uma boa ideia é buscar qualificação. O Sebrae é uma ótima maneira de se iniciar nesses assuntos. Geralmente eles oferecem cursos gratuitos de matemática financeira, marketing, dicas de vendas e gestão de produtos.

Busque orientação para conseguir transformar os seus produtos em itens que sejam realmente lucrativos. E treine o olhar empreendedor, ou seja, passe a enxergar oportunidades de vendas, parcerias e formas de alavancar a sua marca.

Anúncios

Saiba precificar corretamente

Infelizmente, um dos principais problemas enfrentados pelos artesãos é a dificuldade em precificar os produtos. E se o seu preço de venda é incapaz de cobrir seus custos e gerar lucro, dificilmente a sua empresa terá sucesso.

Por isso, você deve ter um bom controle de todos os custos agregados a sua produção – e não apenas da matéria-prima usada na confecção das peças. Lembre-se de incluir também os custos adicionais como: energia elétrica, tempo de trabalho, divulgação, pró-labore e margem de lucro.

Aliás, é importante fazer um adendo: não confunda margem de lucro com pró-labore. O último é o valor que você deseja obter como salário no fim do mês (e deve ser incluído em forma de porcentagem em cada uma das suas peças) e o lucro é o que “sobra” das suas vendas para poder reinvestir no próprio negócio.

Essa confusão é bastante comum, sendo que muitos artesãos usam o lucro como salário. E depois ficam sem dinheiro para investir em divulgação, cursos, compra de matéria-prima e outros passos importantes.

Busque se profissionalizar

Como dissemos, é fundamental que você encare o artesanato como um negócio e por isso a profissionalização é extremamente importante.

Além dos cursos relacionados às técnicas artesanais, busque também criar um conceito de marca, formas de relacionamento com os clientes, entregas pontuais e outros detalhes.

Por exemplo, você poderá criar um nome e um logotipo para o seu ateliê, etiquetas para os produtos (com o nome da marca, telefone e outras formas de contato), páginas nas redes sociais, entre outras ações que mostrem que você é um artesão profissional e não alguém que apenas faz algumas peças de artesanato de vez em quando.

Isso é importante para que o seu público encare o seu negócio de maneira diferenciada e também para poder cobrar um valor adequado ao mercado e capaz de cobrir os seus custos e ainda ser lucrativo.

Entenda quem é o seu público

Como qualquer empresa, você deverá ter um público definido. Ninguém entra em uma padaria esperando comprar uma peça de roupa, certo? O mesmo deve acontecer com a sua empresa.

Entenda quem forma o seu público-alvo, qual a idade média das pessoas que compram de você, os produtos que têm mais saída, a escolaridade dessas pessoas, a forma como elas chegaram até você e outros detalhes importantes.

Assim, será mais fácil direcionar a sua produção e a sua divulgação falando diretamente com esse público e aumentando o potencial de atração da sua marca.

Pense no futuro

Qual o seu objetivo vendendo artesanato? É importante traçar metas para o seu negócio, estipulando onde você quer estar daqui 5 ou 10 anos, por exemplo, e trabalhar para que isso aconteça.

Assim, será mais fácil estruturar o seu negócio e entender quando é o momento certo de começar a crescer e ampliar a produção. Com o tempo, é normal que as suas vendas aumentem e talvez você tenha que contratar outros artesãos para lhe ajudar, por isso planejar o crescimento do seu negócio é essencial.

Anúncios

Quais são os nichos mais lucrativos?

Além das dicas que demos no tópico anterior, uma das mais importantes sobre como ganhar dinheiro com artesanato é: fazer uma pesquisa de mercado. Isso significa entender quais são os nichos mais lucrativos, que tipo de produto tem mais saída, qual é o nível de concorrência e quem é o principal público que compra esses produtos.

O artesanato é um setor muito amplo e existem várias técnicas que você poderá aprender e se especializar, garantindo uma variedade de produtos e, claro, incrementando as suas vendas.

Acompanhar as tendências do mercado é algo extremamente importante, ficando sempre de olho no que está sendo lançado lá fora, nas novelas, séries, desenhos animados e etc. Principalmente acompanhando as movimentações do seu público. Assim você consegue se antecipar as necessidades dessas pessoas e aumentar as suas vendas.

Veja os tipos de artesanato que tem estado em maior evidência ultimamente.

Artesanato em Feltro

O artesanato em feltro é muito amplo e você poderá trabalhar com uma infinidade de “sub-nichos” como: maternidade, decoração, utilidades, infantil, festas e muito mais.

Para saber em qual focar, sempre olhe para o seu público. Por exemplo, se você já vende para um público cativo de mães e mulheres com filhos, uma boa ideia é começar a fazer produtos em feltro voltados para essas pessoas como: decoração de quartinho de bebê, itens de maternidade, decoração para festinhas de criança, guirlandas, entre outros.

Além disso, não descarte o potencial de criar peças que sejam bonitas e úteis. Os exemplos são inúmeros como: capinhas para celular, bolsas para óculos, nécessaire, agulheiros, pesos de porta, etc.

A grande vantagem do artesanato em feltro é que ele está em alta. Assim, além de haver uma infinidade de itens em que você poderá focar, ainda existe um público cativo, que adora e procura por essas peças.

Outro item que tem crescido em termos de procura é o Safari Baby que pode ser usada para decorar quartinhos, festas e até para as crianças brincarem.

Ou seja, são muitos os segmentos de artesanato em feltro que você poderá investir e lucrar. Mas é sempre importante ficar de olho no seu público e entender qual a demanda dessas pessoas.

Pintura em Tecido

Muitas pessoas acreditam que a pintura em tecido está ultrapassada e que não existe mercado para ela. Mas, na verdade, essa é uma técnica extremamente conhecida e que conta com um público cativo.

Assim como o artesanato em feltro, a pintura em tecido é super versátil e você poderá produzir peças distintas para públicos diferentes. Por exemplo, além dos tradicionais panos de prato, é possível criar kits maternidade, com lenços, toalhas, fronhas e outros detalhes pintados com temas infantis, o nome da criança e outros mimos.

Se você tem um público mais voltado à decoração, também poderá investir na pintura em tecido, criando capas de almofadas, mantas, toalhas de mesa, puxa-sacos e outros itens.

Já quem adora inovar, pode usar a pintura em tecido para personalizar roupas, criando peças totalmente exclusivas e artesanais. Você poderá trabalhar com roupas infantil ou adulto, dependendo do seu foco.

Além de todas essas ideias é possível personalizar: roupas de cama, lixeiras de carro, flâmulas para decoração, kit berço, jogos americanos, painéis de festas infantil, tênis, ecobags, tapetes e muito mais.

Artesanato com EVA

Outro tipo de artesanato extremamente versátil é o EVA. Afinal, são inúmeras as possibilidades de atuação.

As festas infantil são um nicho muito lucrativo – e várias mamães estão em busca de decorações exclusivas e diferenciadas. Para essas pessoas você poderá vender bonecos em EVA, painéis, lembrancinhas, bolo fake, guirlandas de EVA e muito mais.

A dica é acompanhar de perto o mercado de festas, criando itens de personagens e temas que estejam em alta, tanto para festas de aniversário como chá de bebê, chá de fraldas, chá de revelação, etc.

Além das festas, uma boa ideia é focar nas datas comemorativas, como dia das mães, dia dos pais, dia dos namorados, Páscoa, Halloween, etc. Isso porque, nesses períodos, é normal que muitas pessoas busquem lembrancinhas para presentear os funcionários, os alunos e outros públicos.

Você poderá criar chaveiros, ponteiras de lápis e canetas, flores, embalagens para bombons e outros itens pequenos mas que podem ser vendidos em grande quantidade.

O natal é outra época importante, já que existem muitas peças em EVA que podem ser usadas tanto como lembrancinhas como para decorar a casa.

Anúncios

Bonecas de Pano

As bonecas de pano são opções bastante lucrativas e que possuem um público fiel. Muitas pessoas acreditam que esses itens não têm saída, mas a realidade do mercado é bem diferente, com histórias variadas de artesãos que conseguiram sucesso vendendo esses itens.

Com o mundo moderno cheio de brinquedos eletrônicos, cada vez mais os pais estão em busca de itens artesanais e que mostrem as crianças como era a vida no tempo deles – por isso as bonecas de pano têm tido tanto destaque.

E, além das brincadeiras, elas podem ser usadas na decoração de festas e quartinhos de crianças e bebês.

As dicas de quem trabalha na área são: cuidado e atenção aos detalhes, ficar de olho nas principais tendências relacionadas ao seu público, buscar personalizar as bonecas e fazer parcerias para aumentar o seu networking.

Cartonagem

Você está em busca de um nicho que seja lucrativo e que permita a criação de inúmeras peças? Com certeza a cartonagem é a escolha certa! Outra grande vantagem é que esse setor ainda é pouco explorado, o que significa baixa concorrência.

Além de criar peças lindas, a cartonagem permite que você trabalhe com itens utilitários e que, portanto, têm muita saída. Por exemplo: caixas, malas, organizadores, luminárias, nécessaire, embalagens para produtos, carteiras, porta-livros e muitos outros.

Trabalhando com cartonagem você pode tanto vender para o consumidor final como fazer parceria com lojistas e outros empreendedores. Por exemplo, durante a Páscoa é possível investir criando embalagens específicas para doces e trabalhar em parceria com culinaristas, aumentando a sua renda.

E, claro, você também poderá investir no segmento das lembrancinhas, criando itens personalizados para empresas e escolas.

Corte e costura

Nada mais tradicional do que o corte e costura, não é mesmo? E com a ascensão da procura por peças exclusivas e artesanais, o profissional dessa área passou a ser ainda mais importante.

Além de peças de roupa e de customizações, você poderá trabalhar criando itens em tecido para decorar a casa, roupinhas de bebê, roupas para pet, enxovais, acessórios úteis (lixeira de carro, nécessaire, capas de almofada, etc.), mantas para sofás e outros itens.

Como esse é um nicho muito amplo, olhe para o mercado e o seu público, buscando entender quais peças podem ter mais saída ou apresentam uma concorrência menor.

Os itens para os pets, por exemplo, estão em alta e você poderá se especializar nesse segmento criando roupinhas, bandanas, bolsas de viagem, tapetinhos e outros acessórios bem fofos e delicados.

Nesse caso, além dos consumidores finais, também é possível pensar em parcerias com os pet shops da sua região. O mesmo acontece com quem produz peças de roupa, faz ajustes ou estilizações que poderá divulgar seus serviços para lojas e confecções.

Bolsas de Patchwork

O patchwork é uma das técnicas mais tradicionais de artesanato e que sempre tem um público fiel. Quem deseja expandir as vendas, pode começar a investir na produção de bolsas de patchwork.

As bolsas de tecido são lindíssimas e você poderá criar modelos totalmente personalizados para diversos públicos como: bolsas maternidade, para o dia a dia, bolsas infantis, kits com nécessaire e carteira e muitos outros.

Para ganhar dinheiro, é importante ficar de olho nas tendências, criando modelos bonitos, práticos e funcionais. Você poderá criar bolsas de mão, estilo carteiro, modelos tradicionais, mochilas e muito mais. E, claro, ainda é possível inovar, misturando materiais e deixando as suas bolsas super exclusivas.

O bom é que sempre existe procura para esse tipo de produto e a margem de lucro costuma ser maior do que os outros itens feitos com patchwork!

Anúncios

Encadernação artesanal

Assim como a cartonagem, a encadernação artesanal é um setor bastante lucrativo e com uma concorrência ainda baixa, uma vez que não são todos os artesãos que conhecem as técnicas.

São muitos os produtos que você poderá criar com a encadernação artesanal, tais como: agendas, planners, álbuns de fotografia, cadernos personalizados ou de empresas, trabalhos acadêmicos, livros de receita, diário alimentar, etc.

Justamente por permitir uma versatilidade enorme de produtos é que você também poderá atender muitos públicos, aumentando a sua rentabilidade. Uma ideia bem legal é fazer parcerias com empresas de outros ramos, como de fotografia, oferecendo aos clientes o álbum personalizado.

Outra possibilidade de como ganhar dinheiro com artesanato é oferecer os seus serviços em datas comemorativas para empresas, com kits de agendas, cadernos e bloquinhos de anotações personalizados para distribuir entre os funcionários, fornecedores, kit imprensa e muitas outras possibilidades.

E, claro, também é possível criar itens para o público final, sempre produzindo itens exclusivos, com estampas em alta e que sejam diferentes do que o mercado dispõe.

Laços para Pet

Nós já falamos aqui neste post o quanto o mercado voltado aos pets está em alta. Afinal, o número de famílias brasileiras com cães e gatos está aumentando – e cada vez mais as pessoas passam a ver os bichinhos de estimação como membro da família, comprando vários mimos.

Com isso, também houve um aumento significativo no número de pet shops. Então, nada melhor do que aproveitar essa tendência e criar lacinhos e enfeites para os cães.

Você poderá fazer laços, gravatinhas, bandanas e outros acessórios que costumam ser usados nos pet shops para enfeitar os cães que vão para o banho. Embora sejam menos comuns, também existem opções de enfeites para os gatos.

Essa é uma ideia muito lucrativa, já que você poderá fazer ótimas parceiras e terá uma saída constante de produtos. É claro que quanto mais fofinhos e bonitinhos forem os seus laços, maiores as chances de fazer boas parcerias. E não se esqueça de ficar de olho nas datas comemorativas.

Professora de Artesanato

Outra ideia para ganhar dinheiro com artesanato é vender os seus conhecimentos. Afinal, o setor está em alta e existem muitas pessoas que desejam aprender técnicas novas, desde iniciantes até os mais avançados.

Você poderá lecionar na sua casa, fazer parcerias com escolas, bazares, sindicatos e outros da sua cidade ou criar o seu cursos on-line. Tudo dependerá da sua disponibilidade e vontade.

Para que essa ideia dê certo é preciso, primeiro, dominar muito bem a técnica que você deseja ensinar, e depois criar um método que seja interessante e permita que seus alunos realmente aprendam.

Se você tem o dom para ensinar, gosta de estar em contato com outras pessoas e possui esse tempo livre, por que não investir nessa ideia?

Conclusão sobre Como Ganhar Dinheiro com Artesanato Hoje

Já deu para notar que para responder “como ganhar dinheiro com artesanato hoje” é preciso considerar vários pontos, não é mesmo? Ficar de olho no mercado, prestar atenção nas tendências e na concorrência e profissionalizar o seu negócio, no entanto, são dicas gerais mas extremamente importantes.

E, claro, lembre-se sempre de reciclar seus conhecimentos, aprender novas técnicas e entender o comportamento do seu público, criando peças que sejam interessantes para essas pessoas e que elas desejam comprar.

Você gostou deste conteúdo? Já sabe como ganhar dinheiro com artesanato? Aproveite e compartilhe estas dicas com os seus amigos artesãos!

Gostou deste artigo? Conte pra gente o que achou!
[Total: 3 Media de: 5]

Conheça a Melhor Escola de Feltro do Momento!

Venha Para a Escola de Feltro e Tenha Acesso a Esses e Muitos Outros Cursos Incríveis Agora Mesmo! Ganhe Dinheiro Fazendo Lindas Peças de Decoração em Feltro!

Você Precisa de Moldes para Artesanato?

Não deixe de conhecer as nossas outras apostilas gratuitas, recheadas com moldes em tamanho real, prontos para você imprimir e usar nos seus artesanatos!

Clique Aqui!
Clique Aqui!
Clique Aqui!
Clique Aqui!
Clique Aqui!
Clique Aqui!
Clique Aqui!
Clique Aqui!

Moldes Grátis?

SIM! Receba direto no seu email os nossos melhores moldes!

Moldes Grátis?

SIM! Receba direto no seu email os nossos melhores moldes!